| em 02 junho 2011

O sexo oral a luz da Bíblia e da Ciência

O Sexo Oral e a Ciência

Primeiro vamos entrar na Ciência recolhendo opinião de especialistas, depois vamos adentrar na Bíblia para saber se é pecado ou não, se dentro de um casamento é permitido ou não.

Segundo a Ciência (medicina) os tecidos da cavidade bucal não têm condições de oferecer resistência à ação de microorganismo provindos do canal vaginal ou da uretra masculina. O que facilita a transmissão de doenças venéreas transportada para a boca, laringe ou faringe. Em consultas a dentistas atentos que não somente olham os dentes, enquanto alguns médicos somente a garganta! Rs, rs, Quando deveriam examinar todo o interior e exterior da boca. Assim poderiam encontrar algum indicio de HPV caso haja, nos abscessos nas gengivas provenientes de bactérias provindas do aparelho genital masculino e feminino. Geralmente só descobrem quando o caso está bem avançado, mas o HPV tem tratamento.

A Medicina faz um alerta sobre a relação sexual oral e anal.

O Centro Nacional de Estatísticas da Saúde dos EUA descobriram que um vírus sexualmente transmissível ligado ao câncer no pênis, ânus e colo do útero está relacionado cada vez mais com Tumores na Boca. Trata-se do HPV (Papilomavírus Humano) a principal causa desse tipo de cânceres é o aumento da pratica do sexo oral nas últimas décadas, especialmente entre jovens. Pesquisa em 2005 informa que 55% dos rapazes e 54% das moças com idade entre 15 e 19 anos já haviam experimentado o Sexo Oral.

Na década de 40 e 50 estudos de Alfred Kinsey, pioneiro no mapeamento dos hábitos sexuais dos americanos. Apontava números bem diferentes, 10% dos homens e 19% das mulheres declaravam haver praticado sexo oral antes do casamento. Por outro lado 50% das mulheres e 33% dos homens casaram virgens, segundo pesquisas daquele tempo. A Equipe do médico Hisham Mehanna, do hospital Universitário de Coventry, no Reino Unido constatou que após a segunda Guerra Mundial, os casos de câncer na base da língua, na amídala e no pescoço surgem a partir de lesões causadas pelo HPV. A Matéria foi publicada "British Medical Journal".

O Dr. Hisham Mehanna relata um trabalho feito com mais de 10 mil voluntários no qual concluiu que quem tinha feito sexo oral com 04 ou mais pessoas tem chance mais de três vezes de obter um câncer na orofaringe (inicio da raiz da lingua até a faringe), do que uma pessoa que não tinha. Noutro estudo o Dr. Mehanna realizado na Suécia com duração de quase 40 anos ele constatou um aumento drásticos dos casos de HPV, através de biopsia de tumores retirados da orofaringe, nos anos 70 o vírus foi encontrado apenas 23% dos casos de tumores, já em 2006 e 2007 quase quadruplicou o virus foi achado em 93% dos casos, a maioria dos especialistas atribuem esse aumento o sexo oral como principal causa.

O sexo Oral é uma porta direta para a transmissão o papilomavírus humano. Acompanhando relatos de especialistas da Odontologia, e diferentes áreas da medicina concluem-se que a Relação Sexual Oral, não é um ato seguro, a menos que faça-se o uso de preservativo, ou dentro de uma relação monogâmica, sem troca de parceiros(as), além é claro de higiene pessoal por parte de ambos os sexos, nesse caso o risco é extremamente reduzido.

O Papilomavírus humano também pode ser transmitido por meio do contato da pele e se encontra na mucosa do trato genital, na saliva, na urina e no sêmen. No entanto o papilomavírus não é a única doença que pode ser adquirida através da Relação sexual oral, existe uma lista imensa de Doenças Sexualmente transmissíveis, entre elas a AIDS.


O Sexo Oral e a Bíblia

Gn. 1: 27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
31 E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom.
E foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

Deus criou o Homem e a Mulher a sua imagem e semelhança, o corpo humano é perfeito e tudo nele tem suas finalidades a quais precisam ser observadas e respeitadas.

E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom... Isto indica que não há nada no corpo do homem e da mulher, nada que não seja bom.

Também é necessário observar as funções de cada membro do corpo. Como estamos falando de sexo, vamos direto ao ponto: órgão sexual masculino e feminino é para o prazer e procriação (o sexo anal não está incluído nesse pacote de prazer e procriação). Vamos a uma prova científica? Sim! Período fértil procriar, período não fértil prazer. É sobre essa forma de prazer que vamos tratar aqui a luz da Bíblia.

Primeiro de tudo temos que considerar que o Sexo é coisa para gente casada segundo os padrões bíblicos:

Hebreus 13:4
Honrado seja entre todo o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará.

Ao Casamento devemos honrar a cama sem manchas de pecado, uma relação sadia e não doentia, pois os devassos {devassos = solteiros (as)} e adúlteros Deus os julgará.

Relação sadia, vai direto ao 'X' da Questão, Sexo Oral é permitido dentro de um casamento? A Resposta é sim! Apesar de muitos lideres condenarem, sem um respaldo Bíblico plausível, claro e direto. Do mesmo modo não temos uma passagem bíblica clara e objetiva que venha apoiar este ato diretamente.

“Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência, proibindo o casamento e ordenando a abstinência dos manjares que Deus criou para os fiéis e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças”. (1 Timóteo 4:2,3)

“Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques não provem, não manuseies?
As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; as quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne”. (Colossenses 2:20)


Mas temos uma base para o sexo Oral dentro da Bíblia?

Mateus 15:10 - E, clamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei:
11 Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que o contamina.
18 Mas o que sai da boca procede do coração; e é isso o que contamina o homem.19 Porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.

Esse trecho refere-se à hábitos alimentares, não precisamente sexo oral, mas podemos deduzir que dentro de um casamento o sexo oral com devido cuidados de higiene, uso de preservativos, não é tão grave e perigoso. É um ato opcional do casal e não compete a nós lideres interferir apenas orientar.

O Sábio Salomão recomenda uma higiene completa antes do ato sexual, isso inclui lavar os pés, rs, rs ! Vamos ao texto:


Cântico dos Cânticos

5:2 Eu dormia, mas o meu coração velava.
Eis a voz do meu amado! Está batendo: Abre-me, minha irmã, amada minha, pomba minha, minha imaculada; porque a minha cabeça está cheia de orvalho, os meus cabelos das gotas da noite.

3 Já despi a minha túnica; como a tornarei a vestir?
já lavei os meus pés; como os tornarei a sujar?

Uma Higiene completa para o ato nunca é demais, isto inclui escovar até os dentes para ficar com bom hálito para beijar e falar de perto, perfume e cama arrumada:


Cântico dos Cânticos

1:2 Beije-me ele com os beijos da sua boca; porque melhor é o seu amor do que o vinho.
3 Suave é o cheiro dos teus perfumes; como perfume derramado é o teu nome; por isso as donzelas te amam.
16 Eis que és formoso, ó amado meu, como amável és também; o nosso leito é viçoso.
13 O meu amado é para mim como um saquitel de mirra, que repousa entre os meus seios.
14 O meu amado é para mim como um ramalhete de hena nas vinhas de En-Gedi.

Higiene bucal bom hálito para um casal é sadio é bom para proporcionar mais prazer


Cântico dos Cânticos

4:2 Os teus dentes são como o rebanho das ovelhas tosquiadas, que sobem do lavadouro, e das quais cada uma tem gêmeos, e nenhuma delas é desfilhada.
3 Os teus lábios são como um fio de escarlate, e a tua boca e formosa;
As tuas faces são como as metades de uma romã por detrás do teu véu.
4: 11 Os teus lábios destilam o mel, noiva minha; mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é como o cheiro do Líbano.


Cantares de Salomão

5:16 O seu falar é muitíssimo suave; sim, ele é totalmente desejável.
Tal é o meu amado, e tal o meu amigo, ó filhas de Jerusalém.

O Sexo Oral faz parte de um conjunto, onde ambos têm o compromisso de se cuidar e manter-se com saúde, isto requer cuidar do outro, compromisso, amor, carinho, respeito. A Higiene antes do ato para não comprometer a saúde do (a) Esposa(o).

A Esposa descreve o corpo do marido com detalhes no livro de cantares, ela ver o corpo dele de perto e toca, acaricia...


Cantares de Salomão

5:14 Os seus braços são como cilindros de ouro, guarnecidos de crisólitas; e o seu corpo é como obra de marfim, coberta de safiras.
15 As suas pernas como colunas de mármore, colocadas sobre bases de ouro refinado; o seu semblante como o Líbano, excelente como os cedros.

O Esposo descreve o corpo da Esposa, certamente ele percorre de algum modo o corpo de sua companheira, ponto por ponto e realiza seus desejos, e desperta suas curiosidades ao detalhes do corpo dela.


Cantares de Salomão

4:4 O teu pescoço é como a torre de Davi, edificada para sala de armas;
no qual pendem mil broqueis, todos escudos de guerreiros valentes.
5 Os teus seios são como dois filhos gêmeos da gazela, que se apascentam entre os lírios.
6 Antes que refresque o dia e fujam as sombras, irei ao monte da mirra e ao outeiro do incenso.
7 Tu és toda formosa, amada minha, e em ti não há mancha.

Embora tenhamos que admitir que os seios é uma verdadeira fonte de prazer para ambos, e com as mãos pode se fazer muito mais, o que é melhor e mais seguro do que usar a boca. Porém, cabe ao casal decidir isso, e não a nós.


Bispo Jéferson Fabiano
http://prjefersonfabiano.blogspot.com/



Arquivado em | .



Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):