| em 03 junho 2011

Técnicas infalíveis para você fazer sua mulher chegar ao êxtase

Seja o homem das fantasias dela

Descubra quais são os fetiches da sua parceira e faça de tudo para realizá-los. Você não sabe o que está perdendo...

Você quer mais prazer no sexo? A resposta é simples. Dê prazer à sua parceira e você terá toda a excitação do mundo. Como diz Nancy Friday, autora do livro Mulheres por Cima – Fantasias Sexuais das Mulheres no Pós-Modernismo (Ed. Record, 494 págs.), “o homem deve excitar a mulher e ficar em ponto de bala o tempo suficiente, até que ela chegue perto do orgasmo”. O plano de Nancy é simples, às vezes é a execução que complica. Nesta reportagem foi decifrado um “mecanismo” das mulheres capaz de aumentar o prazer na hora do sexo: as fantasias sexuais dela. Andrew Stanway, autor de The Joy of Sexual Fantasy (A Alegria da Fantasia Sexual), explica que “tanto o homem quanto a mulher são capazes, com a prática, de ficar em ponto de bala simplesmente pensando em sexo ou em qualquer outra coisa que os excite”. Chegou a hora, então, de conhecer as fantasias que deixam a sua mulher louca de tesão. Entrevistamos algumas para nos ajudarem nesse delicioso caminho.

DICA PRÁTICA: Compre uma lingerie e peça que ela faça um strip-tease. Mostre o quanto você gosta do corpo dela. Já ouviu falar em comer com os olhos? É por aí o caminho.
RECOMPENSA: Para os homens, a excitação visual é a melhor parte da fantasia.
DICA ESPECIAL: Sugira, em alguma ocasião, que ela vista uma roupa, mas que não use calcinha nem sutiã. Esse pedido seu vai provocar nela uma excitação de alta voltagem.

DICA PRÁTICA: Se ela quer brincar, embarque de cabeça. Combinem previamente uma noite para colocar o plano em ação. Sussurre no ouvido dela que você está a fim de fazer um programa e quer saber quanto ela cobra. Combine um valor razoável e, no final da transa, pague. Diga que você quer vê-la numa lingerie nova da próxima vez. Mostre o dinheiro durante o sexo. Sua mulher vai beijar seus pés pelo orgasmo que você vai proporcionar a ela.
RECOMPENSA: É aquela máxima: por que buscar fora o que você já tem em casa? Precisa dizer mais?
DICA ESPECIAL: A brincadeira deve durar o tempo que for necessário. Ao final de tudo, seja carinhoso, abrace-a e beije-a, deixe claro que aquilo tudo não passou de uma brincadeira.

DICA PRÁTICA: Mande mensagens de texto ou e-mails dizendo o quanto ela deixa você maluco. Ajude-a perder toda e qualquer inibição. Capriche na bajulação. Fale afirmativamente e ela se sentirá mais segura.
RECOMPENSA: Quanto mais sexy ela se sentir, mais vai querer fazer amor com você.
DICA ESPECIAL: Peça que ela escolha uma roupa que a deixe bem sensual. Salto alto, lingerie e nada mais. A roupa – ou a falta dela – vai ter um impacto em vocês dois.

DICA PRÁTICA: Brincar de pega-pega pode ser muito excitante. Você já imaginou como uma brincadeira dessa por ser divertida? Na hora do pega, faça sinal com os dedos para que ela fique quieta. A excitação dela vai bater na lua quando ela se der conta de que outras pessoas podem ouvir seus gemidos.
RECOMPENSA: A possibilidade de ser pega vai deixá-la ainda mais louca. É a fantasia perfeita para acabar numa rapidinha. E bingo: nada de preliminares.
DICA ESPECIAL: Se a idéia de a sua sogra aparecer de repente não aumenta seus níveis de testosterona, experimente dizer que vocês estão sendo observados, mesmo quando estiverem no seu quarto. Essa é a melhor parte das fantasias: elas não precisam acontecer de verdade.

DICA PRÁTICA: Há muitas formas de mostrar que quem manda é você. Tente variar as posições: ela de quatro e você por trás. Se você estiver por cima, deixe que ela sinta um pouco seu peso, use um lenço para amarrar os punhos ou vendar os olhos dela.
RECOMPENSA: Eis a chance de mostrar seu lado dominador. Você vai se sentir poderoso.
DICA ESPECIAL: Brinque que você é o sultão e ela a mulher que vai obedecer a tudo.

DICA PRÁTICA: Durante o sexo, conduza a coisa de forma que ela fique por cima e veja o rumo que a história toma.
RECOMPENSA: Se essa fantasia for posta em prática, certifique-se de que o seu prazer também seja levado em conta.


Orgasmo: primeiro a dama!

Faça-a gozar uma vez antes de transar e vocês dois terão muito mais prazer, porque...

Ela vai se empenhar mais
Se já tiver gozado antes da penetração, nesta hora estará superestimulada a excitar você. “A mulher fica mais empolgada ao comprovar, na própria pele, que o homem se preocupa de verdade com o prazer dela”, diz Ana Cristina Canosa, sexóloga e diretora da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. Após ter um orgasmo, a mulher sente vontade extra de retribuir o êxtase que sentiu!

Você esbanja virilidade
Quando faz sua parceira gozar primeiro, seu amigão corre mais à vontade para o abraço. Você transa despido de tensões em relação ao prazer dela. Sentindo-se mais seguro e relaxado, maximiza sua virilidade na hora do sexo. O que potencializa bastante o prazer dela também.

Ela não se frustrará
Você (bem) sabe: “Depois da ejaculação, o homem tende a ficar mais preguiçoso e nem sempre continua o jogo erótico com o entusiasmo inicial”, pontua Ana. Sua parceira também (bem) sabe disso: saca quando você segue a pegação para dar prazer a ela, mas sem o mesmo pique do começo. Moral da história: o cara que goza primeiro aumenta as chances de frustrar o tesão da mulher – ela pode até broxar.

Você vira o imbatível
Fisiologicamente, a mulher tem maior facilidade que o homem de gozar mais vezes em um pequeno intervalo de tempo. Faça-a chegar lá uma vez. Aí, segure sua onda – que tal abrir um vinho? – e faça-a chegar lá de novo. Depois, faça-a ter um terceiro orgasmo na hora que você for gozar.


15 minutos para fazê-la Gozar

Leve sua mulher ao orgasmo nesse tempo, seguindo o cronômetro que preparamos

SEU DESAFIO É DOMINAR A ARTE DO ORGASMO EM 15 MINUTOS, transformando as preliminares ou a rapidinha no sexo mais excitante que sua parceira já experimentou. Pode acreditar isso é possível. Sexólogos do Instituto Kinsey, nos Estados Unidos, dizem que a mulher pode ter um grande orgasmo entre dez e 20 minutos de sexo. Para isso, vale usar aquela sua malícia para preparar o terreno do sucesso da sua empreitada. Presenteie sua mulher com uma lingerie bem sexy e ela vai entender o sinal. Convide-a para jantar ou dançar e aproveite o clima para oferecer um drinque, por exemplo. Esse pode ser o primeiro passo para você deixá-la mais do que receptiva ao sexo: um estudo da Universidade de Florença, na Itália, revelou que as mulheres que bebem 1 ou 2 copos de vinho tinto ficam mais excitadas. Depois da bebida, é só acionar o cronômetro. Não esqueça o brinde!

Faltam 15 minutos - Invista no boca a boca

Gaste pelo menos três minutos, do seu total de 15, em beijos. Estudos da Faculdade Lafayette (EUA) revelaram que beijar reduz o nível de cortisol – hormônio do estresse –, acelerando o tempo que leva para vocês ficarem excitados. “Semelhante à mucosa do pênis e à do clitóris, a pele dos lábios é sensível. E o beijo informa o cérebro sobre as sensações percebidas devido à grande vascularização nessa região”, explica o sexólogo Amaury Mendes Junior, da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. Mas não beije apenas a boca. William Cane, autor de The Art of Kissing (A Arte de Beijar, sem tradução para o português), fez uma pesquisa com 50 mil mulheres e 96% escolheram um beijinho no pescoço como o aquecimento perfeito. Aproveite que o calor está aumentando e, a cada beijo, tire uma peça de roupa dela. Isso já ajuda você a ganhar alguns minutos, porque o tempo está correndo! Dedique uns segundinhos ainda às palavras, elogiando o corpo da sua parceira. Mas nada muito extenso. O que vale mesmo é a forma como se diz aquilo que se fala. “Elogios verdadeiramente eróticos sobre o corpo são somatórios para um sexo melhor, facilitando o gozo”, diz Amaury Mendes. Um estudo da Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, revelou que quando a mulher se sente bem nua, demora menos tempo para gozar. Não vá direto ao ponto. Todas as mulheres adoram ser estimuladas antes da penetração. Elas não resistem aos homens que sabem usar bem as mãos.

Faltam 12 minutos - Provoque

Deixe sua mulher apenas de lingerie e segure a onda. Passe a mão e faça carícias por cima do tecido em vez de atingir direto a mira. Concentre-se em criar expectativa e não em ir, sem rodeios, à estimulação direta. “Ao contrário dos homens, que têm certa pressa com a penetração, as mulheres precisam desse tempinho extra para se excitar. Dedique-se a ele”, diz o psicoterapeuta sexual Alessandro Ezabella, de São Paulo. Até porque sentir-se pressionada pela pressa pode levar a mulher à ansiedade e impedi-la de alcançar o orgasmo. Aja como se você tivesse todo o tempo do mundo. Então, comece a tirar lentamente a lingerie dela. Antes da penetração, ainda deslize os dedos em movimentos lentos e circulares na entrada da vagina. “Muitas mulheres precisam que esse estímulo se concentre no terço externo do canal vaginal, onde o ponto G e o clitóris podem ser alcançados”, diz Emma Taylor, coautora de livros como Sex: How to Do Everything (Sexo: Como Fazer Tudo) e Sex Etiquette for Ladies and Gentlemen (Etiqueta Sexual para Mulheres e Homens). “As mulheres amam homens que sabem usar bem as mãos”, atesta.

Faltam 10 minutos - Falem a mesma língua

Segundo sexólogos do Instituto Masters e Johnson, nos Estados Unidos, o sexo oral é o caminho mais certeiro para o orgasmo. Os especialistas dizem que 80% das mulheres não resistem a essa tentação. Por isso, nem pense em pular essa fase, que é fundamental para ajudar sua garota a chegar lá. E esse é seu objetivo, certo? Lou Paget, autora do livro The Big O (O Grande O, sem tradução para o português), recomenda o Método Kivin como a forma mais rápida e eficiente de a mulher ter um orgasmo. Do que se trata? “Com uma mão, puxe delicadamente o capuz do clitóris. Então lamba de um lado para o outro, um pouco acima da região.” Ponha um dedo da outra mão sobre o períneo (a área abaixo da abertura vaginal). Vale gastar alguns minutos por aí. Rapidinho você vai perceber as contrações pré-orgásticas da sua garota e, então, saberá que está no lugar certo.

A transa segundo a academia

A ciência atesta: 15 minutos é a duração ideal do rala e rola com ela
Pode apostar, esse é o tempo certo para fazê-la alcançar o auge do prazer. Um estudo realizado com membros da Sociedade de Terapia Sexual e Pesquisa, dos Estados Unidos, publicado no Journal of Sexual Medicine (EUA), revelou que homens e mulheres gostariam que a relação sexual se prolongasse por duas vezes mais tempo do que geralmente ela dura – de três a sete minutos. Ou seja, eles preferem que a transa leve entre sete e 15 minutos. Exatamente como o cronômetro desta reportagem da MEN’S HEALTH marca. O orgasmo é conseqüência de um bom trabalho feito nesse período.

Faltam 7 minutos - Prepare o terreno

Os orgasmos não se limitam às preliminares caprichadas. Um estudo recente publicado no periódico Journal of Sexual Medicine (EUA) revelou que a regularidade dos orgasmos tem mais a ver com a duração da relação sexual do que com a duração das preliminares. Outra pesquisa da mesma publicação registrou que o tempo médio que a mulher leva para chegar ao clímax depois da penetração é de sete minutos. Isso faz com que você esteja exatamente no momento ideal para preparar (com muito cuidado) o terreno, rumo à fase final. Sempre é bom lembrar: o clitóris é muito sensível ao toque e pode proporcionar grande prazer à mulher.
“Só que, devido à sua localização na região mais externa da vagina, ele é pouco estimulado pelo pênis durante a penetração. Mas tanto o homem como a mulher podem estimulá-lo no momento da penetração”, diz o psicoterapeuta Alessandro Ezabella. As posições mais favoráveis são aquelas que permitem a um dos parceiros manipularem o clitóris com a mão ou ainda usar outros objetos que façam parte da intimidade do casal. “Por cima a mulher tem contato mais fácil com o clitóris, podendo estimulá-lo com mais liberdade, além de ditar o ritmo da penetração”, explica Alessandro. Você pode apostar ainda na clássica “papai e mamãe”. Comece os movimentos e depois recue, de forma que a parte de baixo do seu pênis descanse sobre o clitóris dela. Faça movimentos suaves, em vez de penetrar. Ele massageia delicadamente o clitóris da sua garota, estimulando. O orgasmo não se limita a preliminares. Sete minutos é o tempo médio que a mulher leva para chegar ao clímax depois da penetração.

Falta 1 minuto - Mantenha o bom trabalho

A esta altura sua garota já está se contorcendo entre os lençóis. Mas não caia no erro de pensar que você precisa de um truque final para obter o resultado. “As mulheres detestam o excesso de agitação e mudanças de técnicas”, diz Joni Frater, autora do livro Love Her Right (Ame-a Certo, sem tradução para o português). “Isso nos dispersa e faz a nossa excitação voltar aos estágios iniciais.” Cara, você não deseja começar tudo de novo bem no momento em que está prestes a chegar ao final, certo? “Quando fizer algo que desperte uma reação positiva, continue fazendo, exatamente na mesma velocidade e pressão”, orienta Frater. Lembrou-se de uma nova técnica? Guarde para a próxima! Você acabou de proporcionar um orgasmo preciso à sua garota – exatos 15 minutos. Isso é algo que ela vai querer de novo em muito pouco tempo. Aproveite a pausa para respirar e se prepare para marcar o tempo, mais uma vez.

Na ponta da língua

Leve-a ao orgasmo mais rápido do que você imagina. Com esta aula de sexo, em um piscar de olhos será sua vez de se satisfazer. Basta seguir as instruções

1 – A melhor maneira de levá-la ao orgasmo é ir devagar
Pode parecer contraditório, mas usar o tempo para preparar a mulher pode fazer com que você ganhe horas mais tarde. De fato, eu diria até que o tempo que você leva para iniciar o sexo oral é inversamente proporcional ao tempo que você vai ter de permanecer nele. Se ela estiver demorando a alcançar o clímax, vai ficar constrangida, provavelmente fingindo um orgasmo para poupar seu ego. Considere esta sugestão e você também não vai cansar as mandíbulas. Uma boa maneira de preparar sua parceira é os dois tomarem banho juntos. Isso não só garante que você vai ter prazer ao devorá-la como também faz com que ela fique mais relaxada, sem pensar no trabalho e em outras preocupações. Além disso, ela vai ficar muito mais tranqüila ao estar limpa o suficiente para aproveitar quando você estiver lá embaixo.

2 - Faça-a gemer
Você deve provocar os genitais dela, não invadi-los. Enquanto estiver beijando-a (na boca), pressione uma coxa entre as pernas dela com força. Esfregue para cima e para baixo. É o mesmo princípio da máquina de lavar no ciclo de centrifugação – a vibração total tem efeito muito maior do que um ou dois dedos. Esse tipo de contato indireto com
o clitóris e a vagina é um ótimo aquecimento. Depois disso, morda- a por cima da saia, como um prelúdio provocante, até que ela comece a pressionar seu rosto – e em breve ela estará só de calcinha. É quando você vai, então, respirar e lamber sua vagina por cima da calcinha. Essa forma de excitação garante uma reação explosiva quando você chega ao clitóris. MORDA-A POR CIMA DA SAIA… EM BREVE ELA ESTARÁ SÓ DE CALCINHA

3- Leia os lábios dela para saber a hora de começar
Para atingir o orgasmo de maneira mais rápida, localize o clitóris. Ache-o usando os pequenos lábios como guia. Siga-os desde baixo (área do períneo) até sua junção na parte superior da vagina. Sobre essa parte você vai encontrar uma dobra horizontal de pele, a cobertura chamada de capuz do clitóris. Coloque um dedo sobre ele, abrindo-o gentilmente, expondo uma pequena saliência. Bingo – alcançou o clitóris dela. Esses pequenos epicentros de prazer existem em todos os tamanhos e modelos. Alguns clitóris pulam para fora, outros se escondem. Algumas mulheres têm grandes lábios maiores, enquanto outras não os têm. Raramente as partes íntimas da sua parceira vão parecer com as das atrizes de filme pornô. Especialmente porque muitas mulheres que trabalham nesse mercado passaram por cirurgias plásticas que modificam a aparência genital. Então, não há como saber onde está o clitóris ou como você deve tocá-lo até que tenha realizado algumas explorações. Quando encontrá-lo, olhe bem para ele. Você verá que tem a mesma cor dos pequenos lábios, o que dificulta ainda mais sua localização, mas ele sobressai, desde que devidamente excitado e irrigado de sangue. Por sua causa, lógico.

4- Com ameixas, o teste de pressão perfeito
Uma vez localizado o clitóris, use o polegar para acariciá-lo. As respostas dela vão indicar se você está no caminho certo. Na dúvida, pergunte. Mas não faça uma pergunta de resposta sim ou não, tipo “Isto é bom?”. Prefira “Você gosta mais depressa?” ou “Você prefere mais forte?”. A resposta será mais honesta e o orgasmo, mais rápido. O clitóris de algumas mulheres é muito sensível e elas podem não gostar de uma estimulação direta. Se for o caso, tente tocar do lado de fora do capuz. Para saber a quantidade de pressão a ser usada, pratique com uma ameixa bem madura. Primeiro, passe os dedos pela superfície da fruta; se suas unhas estiverem mal cortadas ou seus dedos muito ásperos, eles vão cortar a pele da ameixa – isso significa que machucariam também sua mulher, portanto cuide dos dedos. Agora, segure a ameixa com as mãos de forma que a ponta dos dedos de uma mão toque os dedos da outra. Pressione devagar os dedos do mindinho ao indicador como uma onda de pressão. Se a ameixa se romper, você está usando muita força. Em sua parceira, coloque toda a vulva nas mãos. Comprima suavemente e comece a massagear. Provoque-a e aqueça-a por fora.

5 – Ela não sabe, mas adora uma boa masturbação
Junto ao clitóris da mulher encontra-se a haste clitoriana, que pode ser manipulada, oferecendo sensação equivalente à da masturbação masculina. A parte visível do clitóris é a ponta de um feixe nervoso que sobe pelo corpo. Você pode encontrar a haste (glande) apertando gentil e firmemente com os dedos o lábio superior, incluindo o clitóris e o capuz clitoriano. Você vai sentir algo como um, no cabo elétrico – esta é a haste clitoriana. Mantendo a pressão, manipule lentamente esse feixe nervoso. Será a masturbação mais mágica que ela já experimentou. Parabéns, você acaba de dar a ela o Melhor Sexo Que Ela Já Teve.

6 – A prática com balas de menta leva à perfeição
Você pode achar isso um pouco ridículo, mas acredite: funciona. Coloque uma bala de menta na boca, aquela com furinho no meio, entre os dentes da frente e os lábios. O orifício é o clitóris. Com a ponta da língua, trace uma linha circular para um lado e para outro. Empurre o orifício com a língua, circule de novo e empurre. Faça repetições até quebrar a bala ou até você cansar a língua. Você pode praticar isso em qualquer lugar, a qualquer hora. As mulheres gozam por meio de uma consistente estimulação rítmica. Então, quando ela gostar de algum movimento em particular, não mude o que está fazendo. E esqueça a antiga dica de desenhar o alfabeto com a língua. Para a maioria das mulheres, isso é frustrante e muito provavelmente não vai levá-la ao orgasmo.

7 – Tocar não é o suficiente, tente tapinhas e sopros
Algumas mulheres gostam de tapinhas leves nos genitais. Isso traz o sangue à superfície, irrigando as terminações nervosas. Coloque o polegar e o indicador em volta do capuz clitoriano e comprima gentilmente o clitóris. Deslize-o delicadamente entre seus dedos. Remova o capuz, expondo o clitóris – assopre-o levemente. E então, com o toque mais leve possível, massageie, com a ponta de um dos seus dedos lubrificada, em diferentes direções para ver o que ela gosta mais. Tente de lado a lado, para cima, para baixo ou em círculos. MANIPULE DEVAGAR A HASTE CLITORIANA. SERÁ A MASTURBAÇÃO
MAIS MÁGICA QUE ELA JÁ EXPERIMENTOU

8 – Use a língua para mostrar seu verdadeiro poder
Ela já enlouqueceu com suas mãos ágeis. Agora é a vez de lamber seus lábios, mas não literalmente (pelo menos não agora). Em vez disso, use sua amiga ameixa – se você vem praticando a massagem manual, ela já deve estar rompida. Coloque a fruta na palma de uma mão e pressione a língua contra a abertura. Utilize a parte grossa do meio da língua na base da abertura da ameixa e, lentamente, traga-a para cima. Tente pressioná-la com massagens, alternando pressão e velocidade. Quando for de verdade, o gemido dela será uma indicação clara do que ela gosta. A língua é um músculo incrível, portanto você deve tirar o máximo proveito da sua. Depois de algumas longas estocadas – que devem massagear toda a vulva – bata levemente com a ponta da língua na parte superior da abertura da ameixa. Essa combinação da estimulação dos lábios internos e da ponta da língua no clitóris gera um prazer intenso. Para colocar sua língua no ritmo, pratique um pouco mais com a ameixa, lambendo o interior, tentando usar a língua para chegar até o caroço. E se você conseguiu fazer isso com facilidade, tente remover o caroço. Esse exercício fortalece os músculos da língua, aumentando sua força e resistência para o sexo oral – porque você não gostaria de ver sua língua dando sinal de exaustão no momento crucial do orgasmo dela, certo?

9 – Beijo papel filme e torne-se o rei do sexo oral
Coloque uma bala Tic Tac dentro de um pequeno saco plástico transparente (ou papel filme), esticando-o. Beije-o e sugue-o até prender o Tic Tac (o clitóris dela) usando somente seus lábios e a força de sucção. Não morda nem use os dentes – isso vai machucá-la a ponto de acabar com a brincadeira. Quando dominar a técnica, avance. Com o Tic Tac nos lábios, trabalhe nele com a ponta da língua, exatamente do mesmo modo que você praticou com a bala de menta. Essa lição avançada sobre como lamber e chupar o clitóris dá a ela uma sensação equivalente à que você tem quando ela coloca os lábios na sua glande, chupando com força.

10 – Se ela ficou imóvel, seu trabalho está excelente
Observe como ela move o quadril quando você faz sexo oral. Se ela estiver se contraindo ou se movimentando, não siga o movimento dela nem altere seu ritmo. Fique como está e deixe que ela encontre a posição e o movimento exato para alcançar o orgasmo. Sua parceira está somente ajustando a postura e, se você se mover com ela, estragará seus esforços. Continue fazendo a mesma coisa e deixe que ela regule a sintonia, na. Melhor ainda, diga que você vai deixar que ela mesma ajuste a posição. Isso dá à sua mulher a liberdade para movimentar-se e também ajuda você, contribuindo para que todo o processo seja cada vez mais fácil e bem-sucedido. Se ela parar com o quadril elevado e o abdome contraído, significa que você está no lugar certo. Se você continuar como está, mantendo o ritmo e a pressão, ela será inundada por ondas de prazer que se espalharão do clitóris para o resto do corpo. Isso fará o corpo dela tremer incontrolavelmente, mas não termine agora. Siga até sentir que ela parou de tremer e que seu corpo está totalmente relaxado. Você verá a expressão de êxtase no rosto dela e, provavelmente, um grande sorriso no seu.

Fonte: http://menshealth.abril.com.br



Arquivado em | , .



Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):