| em 13 janeiro 2012

5 dicas para se manter magra e jovem

Foto: www.mundodastribos.com
O médico Mechmet Oz é um dos maiores especialistas em alimentação saudável dos Estados Unidos. Ele é autor de vários livros de sucesso. O You Staying Young (Você Sempre Jovem), já vendeu mais de 500 mil exemplares. O médico revelou suas descobertas em uma entrevista especial. Confira os trechos mais importantes:


1) Para retardar o envelhecimento

• Os exercícios físicos são essenciais. Eles combatem o primeiro sinal do envelhecimento, que é a perda de força muscular. Outros recursos são alimentar-se bem e meditar. Uma boa recomendação é a prática do tai chi chuan, exercício oriental que combina equilíbrio, coordenação motora e também meditação. Se todos adotassem essas medidas, a vida média da população poderia subir para 11m anos. Quanto à alimentação, não podem faltar nutrientes como o resveratrol da uva e o licopeno do tomate, poderosos antioxidantes.


2) Arroz, feijão, carne e salada

• Esse cardápio contem exatamente os nutrientes para os quais a digestão humana está preparada. Mas os brasileiros comem carnes muito gordas, o que é errado. Outro problema dos hábitos alimentares do brasileiro é que ele come arroz em excesso, oque não traz nenhum benefício. Melhor seria adotar arroz integral. Os alimentos integrais têm mais fibras, o que os mantêm mais tempo no intestino e diminui a absorção de açúcar pelo organismo.

3) Quanta água beber por dia

• Deve-se beber uma quantidade suficiente para que a urina esteja sempre clara. Isso varia de um dia para o outro. Em dias quentes, sua-se muito e, por isso, é preciso beber mais água. Para quem não abra mão da cafeína, sugiro chá verde. Em lugar de quatro cafezinhos por dia, beba quatro copos de chá verde. Essa bebida concentra muitos antioxidantes.


4) Tomar suplemento de vitamina

• De modo geral, uma suplementação só é necessária quando as vitaminas não são obtidas naturalmente com a alimentação. Por outro lado, acredito que determinadas vitaminas podem melhorar a qualidade de vida e a longevidade. Entre elas estão às vitaminas A, B, C, D e E, além do cálcio, magnésio, selênio e zinco. A vitamina D é importantíssima, pois previne câncer e osteoporose. Principalmente nos países mais frios, onde a exposição solar é restrita, os suplementos são essenciais.


5) A hora certa de jantar

• Na verdade, há uma única regra a observar: deve-se jantar pelo menos três horas antes de dormir. Deitar logo após a refeição facilita o acúmulo de gordura, principalmente na cintura. Além disso, comer muito tarde prejudica o sono.

por Blog Filadelfia

Fonte: Revista Ana Maria - Nº 54 (www.revistaanamaria.com.br)



Arquivado em | , , .



Receba novas postagens por e-mail


ATENÇÃO! - As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Comentário(s):